sexta-feira, 9 de setembro de 2011


A vida é incontornável. A gente perde, xinga, sofre calado, é esquecido, mas esquece também, chora, sorri, caímos e levantamos. Somos passados pra trás, ficamos no passado. Dói, e dói demais. Mas daí passa, e ficamos curados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário